Escolhe o quarto perfeito em 12 passos!

Se procurar casa não é tarefa fácil, procurar casa numa cidade desconhecida pode ser um autêntico pesadelo.

 

A tudo isto, junta: um orçamento apertado; a necessidade da casa ser próxima da Universidade e, já agora, quereres ter companheiros de casa simpáticos, q.b.!

 

A Rede sabe bem que isto é fundamental para ti e foi à procura das melhores dicas para encontrares casa e não seres enganado!

 

1. Os melhores anúncios estão nos placards da Associação de Estudantes!

(Também podes tentar procurar naqueles grupos de Facebook, mas cuidado: não feches negócio pela net, vê sempre a casa primeiro!)

 

giphy (1)

Fonte: http://gph.is/1u1Xs3k

 

2. Antes de escolheres um “poiso”, informa-te de quais são as melhores e as piores zonas da cidade! Se não conheceres ninguém, pergunta a um taxista (p.ex.): acredita, não há quem conheça melhor uma cidade!

 

taxi

Fonte: http://gph.is/1hcHr2A

 

3. Lembra-te que esta será a tua casa, o teu refúgio, o teu ninho do amor e, “ocasionalmente”, um lugar de estudo.

Por isso, por muito que uma casa cheia de gente e animação te pareça muito tentadora, pode não ser a melhor escolha se quiseres passar do 1º semestre!

 

giphy

Fonte: http://gph.is/1iB4kOp

 

4. Tão importante como a casa, é quem lá vive! Depois de analisares a casa, tenta analisar os teus futuros colegas de casa!

 

giphy (4)

Fonte: http://gph.is/15yPC4D

 

5. Para além da casa, repara também na zona em que esta está inserida: se é um bairro residencial, se tem serviços, se tem transportes, se é mais cosmopolita ou mais sossegada…

 

giphy (5)

Fonte: http://gph.is/HlayoP

 

6. Cuidado com os contratos, cauções e outras complicações!

Certifica-te que tudo fica bem claro, para quando quiseres mudar de casa não teres surpresas!

 

giphy (7)

Fonte: http://gph.is/14xef3R

 

7. Roupeiros, armários e outros recantos onde possas arrumar as tuas tralhas são importantes!

A casa pode ser pequena, mas se tiver arrumação é meio caminho andado para ser habitável.

 

giphy (2)

Fonte: http://gph.is/18q5zZ6

 

8. O ideal é encontrares uma casa cuja renda tenho todas as despesas incluídas! Assim, consegues controlar melhor o teu dinheiro, o valor de despesas é fixo!

 

giphy (3)

Fonte: http://gph.is/1meGqbt

 

9. Vive o mais próximo possível de um supermercado, vai ser a tua salvação: podes fazer compras as vezes que quiseres e, não precisas de gastar dinheiro em transportes, para fazer umas simples compras!

 

giphy (6)

Fonte: http://gph.is/Q8Yawr

 

10. Humidade: não isto não deve ser algo que preocupa só os teus avós e pais.

A partir deste momento vai ter que te começar a preocupar também a ti. Uma casa com muitas janelas, sol e boa ventilação é o ideal para garantir que não haja humidade!

 

 

11. Ratos, formigas e outras pragas: convém perguntares se esta companhia extra costuma aparecer sem ser convidado. Para além disso, repara se a casa é muito velha e está danificada.

 

giphy (9)

Fonte: http://gph.is/U5zpT8

 

12. Se possível, fala com os vizinhos e pergunta-lhes se gostam de viver naquela zona e quem habitava anteriormente na casa onde estás a pensar viver!

 

giphy (10)

Fonte: http://gph.is/1iG57fk

 

As residências ou repúblicas também são uma boa alternativa e, por vezes, mais económica.

 

No caso das residências, na maioria dos casos, estas pertencem aos Serviços de Acção Social da Universidade e é lá que deves efectuar a tua candidatura.

 

O quarto pode ser individual ou partilhado, mas lembra-te que viver numa residência também tem as suas vantagens: o preço que pagas já inclui internet, televisão, limpeza, água, gás, entre outros!

 

Melhor ainda se fores bolseiro: para além de receberes bolsa para todas as tuas despesas académicas, o preço da residência também será muito reduzido.

 

As repúblicas são uma das mais velhas tradições académicas! Originais de Coimbra, nos dias que correm são uma raridade, mas ainda existem na cidade dos estudantes.

 

O espírito é de comunidade, partilha, entreajuda, alguma organização com regras e regulamento próprio e muita animação! Se queres ter uma vivência académica pura e dura e vais estudar em Coimbra, viver numa república é para ti!