Vai mas é ESTUDAR!

Se até aqui te disseram que tudo vai ser muito fácil e vai ser só “forrobodó”, acredita: mentiram-te! Quer queiras quer não, o Estudo é algo que vai continuar a fazer parte da tua vida! Muitas vão ser as manhãs, as tardes e as noites de estudo.

Pode parecer muito cedo, mas está na altura de arranjares um plano de ataque infalível para esta época.
E quem melhor para te ajudar do que o Burro da Rede? O Burro puxou pelos seus neurónios (não os subestimes!) e garante-te que a Rede:

1.    Dá os melhores truques, manhas e artimanhas para que a tua concentração esteja sempre em alta e a memória nunca te falhe!
2.    Depois de uma intensa pesquisa, descobre os espaços de estudo que vão revolucionar a tua maneira de veres o mundo e, principalmente, de estudar! Consegue os melhores e maiores aliados: os parceiros da Rede! Se precisares de uma ajuda extra, terás os descontos do cartão para que a conta fique mais leve!

Contas os dias, contas as horas e os minutos que tens para estudar e recorres a todos os meios que, para ti, justificam os fins: sejam estes legítimos ou ilegítimos. Mas o excelentíssimo Burro da Rede gosta de fazer tudo às claras, por isso aconselha-te a adoptares o método tradicional: estudar!

Contudo, existem alguns truques que podem melhorar a tua performance no estudo:

•    Fundamental é organizar os horários de acordo com a necessidade de estudar! Tu não és um Super-Homem e ainda é humanamente impossível estar em dois sítios ao mesmo tempo! Por isso, não há alternativa: terás de abdicar de algum programa ou saída para ficar a estudar.
•    Depois, é preciso criar um ambiente de estudo à maneira! Respirar fundo, relaxar, queimar um incenso…arranjar uma cadeira e mesa confortáveis e escolher o local de estudo perfeito! Para muitos, o isolamento entre quatro paredes do quarto é o ideal, mas para outros o local de estudo perfeito pode até ser na rua, com algum ruído e mais movimento à mistura.
•    Organizar a estratégia de estudo. É bem possível que, no mesmo período de tempo, haja necessidade de estudar mais do que uma matéria diferente. Mas cuidado: a constante troca de temas de estudo não é benéfica para a memória, nem para o raciocínio.
•    Também há boas notícias: não é produtivo ficar longos períodos de tempo a estudar sem fazer pausas regulares. Por isso, alegria que as pausas são permitidas! E mais: depois de cada sessão de estudo, é impensável ir directamente para a cama. O cérebro precisa que haja alguma descontracção antes de uma noite (ou meia noite) de sono!
•    Para memorizar são várias as técnicas ao dispor: a mais conhecida é talvez “apregoar” ao desconhecido aquilo que se quer que fique no cérebro! Mas, para outros, a repetição escrita também pode ser muito eficaz.

Os apontamentos podem ser outro problema, ou porque te baldaste a todas aulas daquela cadeira, ou porque às 8h da manhã os teus neurónios não funcionam…mas continuas a precisar deles para estudar. Solução: fala com a tua madrinha ou padrinho e usa e abusa do trabalho que tiveram nos anos anteriores; se não tens madrinha ou padrinho, pedincha aos colegas e passa pela reprografia para ver se alguma alma caridosa partilhou apontamentos. Último reduto, quando o cenário está mesmo negro: recorre a fóruns online de partilha de apontamentos, reza três avé-marias e atira-te ao exame.

Conseguir o melhor ambiente de trabalho nem sempre é fácil e, muitas vezes, em casa temos todas as distracções que nos prejudicam. Por isso, a solução é sair e procurar um sítio outdoors.

Na nossa afincada pesquisa deste tipo de sítios, chegámos à conclusão que há sítios para todos os gostos: uns mais sossegados, outros mais barulhentos, com muita ou pouca luz, com pouca ou muita gente, com cafeína ou sem cafeína!