“O que eles inventam…” – App “Ex Lover Blocker”

Já aqui falámos de aplicações para smarphones e PC que servem para tudo, até tiram cafés: para o Verão, para o Natal e até para o teu estudo.

 

Mas houve uma conhecida marca brasileira de refrigerantes que foi mais longe…mais concretamente, até às relações amorosas!

 

Quando um casal de namorados termina uma relação, uma coisa é certa: há sempre um que se ressente mais do que outro…e a vontade de restabelecer contacto é mais forte que tudo!

 

Passas pelo café onde costumavam ir, ouves o nome dela/e e o teu coração bate mais depressa ou começas a ver a sua cara em todas as raparigas/rapazes que passam na rua. Em resumo, começas a enlouquecer!

 

O perigo de ligares a quem te partiu o coração, enviar uma SMS ou mesmo uma simples mensagem de Facebook…é poder acabar ou atrasar a tua recuperação amorosa!

 

A tentação é muita e até hoje não havia nada que, realmente, te impedia de o fazeres!

 

Até agora! A Guaraná Brasil veio mudar o fim das relações. Como? Claro, com uma aplicação que podes descarregar no teu smartphone!

 

A “Ex Lover Blocker” vem directamente do Brasil e foi criada, em especial, para esta marca!

 

Mas afinal, como é que funciona esta aplicação em 5 passos:

 

  1. Instala a aplicação
  2. Bloqueia o número dela/dele
  3. Escolhe os amigos que te vão proteger
  4. Agora, sempre que tentares telefonar-lhe: não só a chamada vai ser bloqueada, como os teus amigos vão ser notificados da tua “infracção”
  5. Se fraquejares e eles forem avisados, é a “hora do resgate”! Vão-te ligar a tentar demover-te de tamanha asneira!

 

 

Se, mesmo assim, insistires na parvoíce toda a gente ficará a saber que és um fraco: é feita uma publicação no teu mural de Facebook!

 

Assustador? Assustador é pouco, mas parece que funciona!

 

Aqui na Rede não julgamos nada, nem ninguém… e nestas coisas do amor, o nosso excelso Burro bem sabe o que custam a curar.

 

Bem, apaixonados ou encalhados, uma coisa é certa: uma newsletter da Rede por dia, nem sabes o bem que te fazia! Nem é preciso ser por dia: esta até é semanal!

 

Se não recebes, trata já do assunto.