Como fazer um CV simples e estruturado

Se achas que está na altura de fazeres alguma coisa útil na vida ou simplesmente os teus pais disseram para te fazeres à vida, talvez devas começar por fazer um currículo vitae!

O currículo vitae é uma espécie de documento de marketing sobre ti e este deve ser resumido, simples e objetivo e deve possuir as seguintes informações:


1- Dados pessoais


Começando por identificar o teu nome, os teus contactos, tais como, número de telemóvel, email. Caso tenhas Linkedin, também deves adicionar o link ao teu CV.




2- Objetivo


Deverás fazer um breve resumo onde explicas os teus objetivos profissionais e o que pretendes alcançar no futuro.



3- Experiência profissional


Nesta parte deverás incluir todas as empresas, bem como, os cargos, por ordem cronológica do mais recente para o mais antigo. Também deves incluir a data de início e a data de saída (mês e ano), o cargo ocupado e as funções que desempenhaste. Podes omitir a tua experiência aprimorada em bares abertos!



4- Formação / Educação


Deverás sempre apresentar o teu percurso académico de forma destacada e não deves mencionar o número de vezes que ficaste de ressaca!



5- Qualificações extras


Não. Aqui não conta seres o mestre das bebidas ou mestre das massas de atum e carbonara. Neste tópico podes meter certificados que tenhas tirado, formações noutras áreas ou complementares ao teu curso. Podes inclusive, destacar algum programa informático do qual dominas, por exemplo, Excel, Photoshop, Lightroom, entre outros.


6- Interesses pessoais e/ou outras atividades fora do ramo profissional


Aqui deves mencionar se tens algum conhecimento de alguma matéria em específico. Se já fizeste voluntariado bem como desportos nos quais tiveste federado ou um simplesmente um hobbie.



7- Competências linguísticas


Neste campo deverás mencionar os idiomas que falas e o grau de conhecimento, se é intermédio, avançado ou fluente, poderás basear-te no Nível do quadro Europeu Comum de Referência (QECR) acendo aqui.

Atenção! Não vale meteres Portenhol!



Assim que o teu currículo estiver concluído, deves pedir a um amigo/ familiar/ professor para ver se há algum erro ou algo que possa ser melhorado, por vezes há erros que estão mesmo à nossa frente e naquele momento não reparamos, quantas mais pessoas o virem, melhor!