Top 10 séries TV obrigatórias para universitários!

Boas pessoal!

 

Já aqui vos falámos do Top 10 dos filmes, completamente, obrigatórios para universitários! Agora, chegou a tão aguardada hora de falar sobre… séries de TV!

 

Sim, sobre as séries de TV completamente obrigatórias para qualquer universitário que se preze!

 

Porquê?! Primeiro, porque é a desculpa perfeita para “aquela” pausa no estudo; segundo, porque se queres ter o máximo da “experiência universidade” estas referências não te podem faltar!

 

10. Gilmore Girls – meninas, esta é para vocês! Série girly que se farta, mas que retrata uma bonita relação entre mãe e filha! A jovem acaba por ir para uma universidade da IVY League e não faltam cenas nesta célebre universidade! Qual? Vão ter mesmo de ver a série para descobrir!

 

gilmoreFonte: Tumblr

 

9. Parenthood – esta série tem um tom mais sério. Retrata muitos dos dramas próprios de adolescentes, alguns deles já na universidade. Uma família problemática e que tem pela frente vários desafios, diariamente. Para quem gosta de dramas, esta é a série perfeita… Nada contra quem gosta de dramas, hã?!

 

parenthoodbannerFonte: http://www.hollywood.com

 

8. Freaks and Geeks – não, não é uma séria universitária! Passa-se no secundário, mas não podia deixar de estar nesta lista! Retrata na perfeição todos os estereótipos do secundário, com um toque de humor brutal e drama q.b.! A não perder, porque afinal…reviver tempos passados nunca fez mal a ninguém!

 

Freaks-GeeksFonte: http://www.curatormagazine.com

 

7. Skins – segunda série que se passa no secundário, mas também é I-M-P-E-R-D-Í-V-E-L! Porque concretiza muitas das loucuras que gostávamos de fazer, mas nunca fizemos; porque fala de problemas reais sem dramatismos, porque tem uma banda sonora à altura!

 

http://www.youtube.com/watch?v=q4R65yl2-BY

 

6. Campus – ao que a Rede sabe nunca passou em Portugal, mas no Reino Unido está a fazer muito furor! Retrata o dia-a-dia do campus da universidade de Kirke, com muitos pormenores insólitos à mistura.

 

campus-channel4Fonte: http://unrealityshout.com

 

5. Girls – um grupo de 4 raparigas, muito diferentes como convém a este tipo de séries que vivem na gigante Nova Iorque! Os seus quotidianos cruzam-se e também passam pela universidade, mas claramente esta não é a sua prioridade de vida!

 

Girls-HBO-castFonte: http://www.crushable.com

 

4. Fresh Meat – tal como a Campus, esta série nunca viu a luz do dia em terras lusófonas! No Reino Unido, terra onde não faltam séries para jovens, já ninguém lhe resiste. Um grupo de 6 caloiros acabadinhos de entrar na faculdade, que partilham uma casa onde não faltam episódios engraçados e típicos de qualquer grupo de universitários!

 

fresjmeatFonte: http://www.channel4.com

 

3. Community – Uma universidade comunitária e local, com um grupo de professores e alunos muito “especiais”! As disciplinas leccionadas também não são de todo convencionais, tal como os métodos de avaliação. Série insólita que se farta e que não deixa ninguém indiferente!

 

 

2. Buffy, a Caçadora de Vampiros – e se achas que esta febre dos vampiros vem só do Twilight, desengana-te. A Buffy Summers já andava atrás deles há muito tempo! Um dos seus principais aliados é um professor da escola que a Buffy frequenta! Numa temporada mais avançada, algumas das personagem vão mesmo para a Universidade e a série começa a passar em ambiente académico. Com doses muito equilibradas de suspense, acção e alguns efeitos especiais à moda dos anos 90! Combinação perfeita!

 

Buffy-The-Vampire-Slayer-002Fonte: http://worldowtf.blogspot.pt

 

1. Scrubs – esta série é a rainha das séries para universitários!

 

A história?! O quotidiano de um grupo de estagiários médicos num hospital americano! O que é que isto tem de especial?!

scrubs Fonte: http://www.beautyrock.com.br/

Nada, não fossem a personagens geniais construídas à volta da história, as suas peculiaridades, os doentes que dão entrada no hospital, as situações mais que bizarras e as reacções completamente inesperadas de todas as personagens.

 

No meio de tanto humor, no final há sempre tempo para uma pequena moral, mas sem paternalismos nem exageros! Impossível não ficar bem-disposto depois de um episódio de Scrubs!