E uma Escapadinha Depois dos Exames? Siga até Amsterdão

Acabaste de passar por uma época desgastante e, com “sorte”, ainda tens outra nas próximas semanas. Já não podes ouvir falar nem pensar em 3%4M35 e só te apetece fugir!

 

Pois bem, vamos levar-te até Amsterdão, a cidade das tulipas, das bicicletas, dos canais, dos jardins com relva e das montras bem enfeitadas!

 

Fonte: Shutterstock

 

Se ainda não conheces, espreita as nossas sugestões; se já visitaste deixa aí dicas de coisas que valem MESMO a pena fazer/visitar/experimentar.

 

Para Visitar:
• Amsterdam Centraal vai ser a tua primeira paragem. Assim que saíres do comboio aproveita para apreciar a imensidão da estação e a sua beleza arquitectónica.

 

• As ruas e os canais: a pé, de bicicleta ou de barco, guarda uma tarde para te perderes pela cidade e apreciar a arquitetura e a forma como está organizada. Vais, de certeza, passar pela Dam Square, pela praça de Nieuwmarkt e pelo mercado de flores, Bloemenmarkt Só uma nota: Se fores a pé, tem cuidado para não seres atropelado por nenhuma bicicleta!

 

• O Museumplein (Parque dos Museus) é uma área muito agradável para relaxar entre as visitas aos três famosos museus que se encontram nas redondezas:

 

– O Rijksmuseum Museum, ou Museu do Estado, onde podes visitar uma coleção de 8000 peças de arte em exposição, incluindo os quadros de artistas de renome como Johannes Vermeer e Rembrandt.

 

Fonte: Shutterstock

 

– O Van Gogh Museum é um museu onde vais poder apreciar cerca de 200 quadros e 400 desenhos do famoso pintor, para além de muitas outras obras dos seus contemporâneos

 

– Se preferes arte moderna e contemporânea, então não podes perder o Stedelijk Museum, onde poderás encontrar obras das mais variadas áreas da arte (fotografia, pintura, escultura, etc.) e conhecer os trabalhos de artistas como Malevich, Picasso, Pollock e também Van Gogh.

 

• Se te sentires um patriota, podes ainda visitar a Sinagoga Portuguesa, do século XVII que, ainda hoje, não tem eletricidade. Para além de poderes conhecer o espaço tens a oportunidade de ficar a saber mais sobre a cultura judaica e a herança Portuguesa na Holanda.

 

Fonte: Shutterstock

 

Para fazer:
• Andar de bicicleta: Se quiseres viver a experiência holandesa tens que experimentar um engarrafamento de bicicletas . Não te preocupes, vais ter semáforos só para bicicletas (que tens que respeitar) e milhares de Kms de ciclovias que podes percorrer. Aliás, se te parecer boa ideia, sugerimos que alugues uma bicicleta no início da tua estadia e só a devolvas quando te fores embora, poupando um dinheirão em transportes públicos.

 

• Visitar a rua Oudezijds Achterburgwal, também conhecida por ser o centro do tão famoso “Red Light District”. A melhor hora para poderes apreciar as montras em todo o seu espendor é ao início da noite (If you know what I mean) E mais não dizemos porque, como é óbvio, o que acontece em Amsterdão, fica em Amsterdão

 

• Entrar numa coffeshop. Repara, só dissemos entrar. O resto fica à tua consideração. E não, uma coffeshop em Amsterdão não é especialista em servir cafés, mas achamos que isso tu já sabes! (Se precisares de recomendações é só perguntar!).

 

Fonte: Shutterstock

 

• Depois disto tudo só te podemos recomendar uma iguaria Holandesa (Só podemos recomendar mesmo uma, porque é o único “prato” típico que eles têm): Kapsalon, que também quer dizer cabeleireiro (WTF?), é uma fast-food servida num recipiente de takeaway e consiste numa base de batatas fritas, uma camada de carne de kebab, fatias de queijo Gouda que vão ao forno a derreter e, para ser saudável, uma camada de salada. Ah, espera, afinal esquece o saudável porque por cima vem um molho super apetitoso!

 

Para sair:

Existem duas áreas principais para sair à noite: Rembrandtplein e Leidseplein, por isso podes partir à descoberta e entrar no sítio que mais gostares. Ainda assim, deixamos-te algumas sugestões:

 

Student Bar, que, como o próprio nome indica, existe a pensar em ti. Com cerveja barata de segunda a quinta-feira, vais encontrar colegas teus de várias nacionalidades e, quem sabe, conhecer alguém interessante!

 

Disco Dolly: Frequentado por estudantes, este bar/pub/discoteca está aberto 7 noites por semana até às 4h (5h à sexta e sábado) e é o sítio perfeito para continuares a tua noite com música disco, funk, soul, house e hip-hop!

 

Fonte: Hostelsclubblog

 

NYX: Com vários pisos, esta discoteca é composta por diferentes salas onde passam vários estilos de música. Assim, durante a mesma noite podes passar por várias atmosferas e conviver com uma “crowd” jovem, open-minded e irreverente. Este é, por isso, o sítio que deves escolher se estás à procura de algo mais alternativo, não fosse o lema desta discoteca: “You are weird, I like you!”

 

Sugarfactory é uma discoteca que também oferece, ocasionalmente, concertos ao vivo. A atmosfera faz lembrar um teatro e aos domingos podes desfrutar de uma noite em que o Jazz se mistura com música de dança!

 

Por fim, deixamos uma pequena lista das únicas palavras que vais conseguir memorizar:
Goedemorgen: Bom dia
Dank je wel: Obrigado/a
Alsjeblieft: Por favor
Lekker: Tudo o que é bom. Pode ser usado para avaliar comida, a meteorologia, um lugar, uma experiência e até a beleza de uma pessoa!

 

De que estás à espera? Se quiseres viver a cultura holandesa a 100% marca uma viagem com os teus amigos para a altura do Dia do Rei, o feriado nacional Holandês, a 27 de Abril.

 

Fonte: Amsterdamtourist.info